Musicoterapia para a mãe e para o bebê

Enriquece o desenvolvimento físico, emocional e intelectual do bebê e relaxa a mãe. Quando um bebê, ainda no ventre de sua mamãe, escuta clássicos como  Mozart, Bach e Vivaldi, seu ritmo cardíaco se relaxa, segundo observaram muitos especialistas. O ritmo dessas canções induz a estados de serenidade.

music17n-2-web

Rosa Elena Valderrama, ex-decana do Colégio de Obstetras do Peru, revelou que, segundo sua experiência, a música pode ajudar a mulher grávida a superar seus problemas e chegar a ter um bebê saudável. A musicoterapia, segundo ela, enriquece o desenvolvimento físico, emocional e intelectual do bebê. Também se utiliza em crianças hiperativas, depressivas, agressivas, e é muito útil no tratamento de crianças autistas para ajudá-las a vencer seu isolamento e modificar modos de comportamento. As crianças com deficiências psíquicas se beneficiam com a musicoterapia.

A musicoterapia e o bebê

aulas-de-musica-para-bebes

Muitas mullheres, durante a gravidez, podem sofrer uma carga emocional negativa que se traduz em mal estar, insegurança em relação a si mesma ou do meio em que vive, medos, frustração ou sensação de fracasso. Sem querer, elas estarão transmitindo tudo isso ao bebê que está para nascer, convertendo-o em um bebê medroso ou inseguro em si mesmo. Nesses casos, a musicoterapia representa um importante papel. O de estimular uma conexão mais profunda entre mãe e filho, e bridando-os com a tranquilidade e o auto controle.

O bebê que escutou música de maneira ordenada e sequencial durante a gestação, recebe melhor a lactância materna e seus outros alimentos, dorme mais e chora menos, já que criou vínculos afetivos positivos com sua mãe através da música. Antes de nascer, o bebê é capaz de ouvir, sentir ou aprender, sonhar, rir, memorizar e reagir com seus movimentos. Também percebe todos os sons que chegam através de sua mamãe, das batidas do coração, da respiração, circulação, digestivos, fetais, assim como do líquido amniótico. A música promove a inteligência musical e tem um efeito relaxante. A formação da personalidade começa a se desenvolver através de belas melodias, estimulando a criatividade, a concentração e a coordenação da criança que está para nascer.

A musicoterapia durante a gravidez

mulher-gravida-com-fones-de-ouvido-na-barriga-foto-patryk-kosmidershutterstockcom-0000000000014D38

A musicoterapia traz benefícios não somente ao bebê, como também à mãe que está grávida. A estimulação pré-natal auditiva consegue um maior relaxamento da mulher durante o trabalho de parto, reduzindo seu nível de ansiedade, dando-lhe maior autocontrole sobre a dor e consciência sobre as sensações físicas. Ao diminuir o estresse na hora do parto, também ajudará que o bebê nasça envolvido de mais serenidade. A musicoterapia regula o estado de ânimo, alegra e suaviza os estados de tensão, estresse, e depressão. Também melhora a aprendizagem, a coordenação e a resistência física.

Como aplicar a musicoterapia

A musicoterapia é uma ferramenta fundamental para trabalhar com o bebê durante a gestação. Alguns obstetras utilizam essa terapia à gestante de forma individual, em grupo, ou no casal. Em regra geral, é um musicoterapeuta que se encarrega de orientar e formar a mulher, para que entre outras coisas, possa desfrutar plenamente da sua gravidez, participando, escutando, e expressando as sensações físicas que provoca a música. A musicoterapia também pode ser trabalhada em conjunto com o próprio obstetra da mulher. Para isso, deve-se contar com uma consulta semanal de aproximadamente uma hora. A partir do quarto mês de gestação, o bebê já tem seu aparelho auditivo desenvolvido. Esse é o melhor momento para começar com a terapia. Em casa, a futura mamãe também pode seguir com a terapia. Comece escolhendo uma música serena e melodiosa. As canções de Mozart, especialmente, são as mais recomendadas. Escute-as com paciência, e depois poderá cantá-la para o bebê. Isso favorecerá o vínculo da mãe e o bebê. Se estiver grávida e deseja ter essa experiência, consulte seu obstetra.

Fonte: http://www.diminuti.com.br/caracolando/musicoterapia-para-a-m-e-e-para-o-bebe

Posted on Maio 1, 2015, in Musicoterapia Materno-indantil and tagged , , . Bookmark the permalink. 1 Comentário.

  1. Adorei essas dicas… Vou fazer com minhas criançaskkk..

    Beijos.,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: